Alegações

Alegações

Autor: Paulo Macedo (Professor universitário)

Nas últimas semanas, em meios de comunicação social estrangeiros, lemos e ouvimos algumas notícias que davam conta que funcionários Europeus alegadamente suspeitariam (ou pelo menos não eliminariam a hipótese) de que os serviços de intelligence Britânicos teriam obtido informação sensível da União Europeia no que se refere a planos sobre a saída do Reino Unido da União. Segundo o Business Insider1 de 16 de Agosto, as suspeitas – que terão sido veiculadas no Conselho Europeu de 13 de Julho pela adjunta do responsável Europeu pelas negociações do Brexit – tiveram origem no facto dos Britânicos terem influenciado ao mais alto nível a EU para a não publicação de uma apresentação “politicamente explosiva” quase imediatamente após a mesma ter sido partilhada entre funcionários Europeus em 5 de Julho.

 

Para continuar a ler, faça já a sua assinatura.

Assinatura Revista “segurança”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *