Estudo dos Fatores Psicossociais de Risco em Condutores de Máquinas da Marinha Portuguesa

Autor: 1SAR CM Célia Sousa (Marinha Portuguesa, TST)

Introdução
É cada vez mais percetível que um ambiente laboral suscetível de ter fatores psicossociais de risco influencia negativa-mente a saúde e bem-estar do trabalha-dor, verificando-se a ocorrência de problemas psicológicos como a depressão e fadiga tendo como consequências a disfunção das relações sociais e familiares, a inatividade física, o consumo de álcool, tabaco, drogas e, em casos extremos, o suicídio (Nelson, Sorensen & Berkman, 2012). Este estudo teve como objetivo identificar e avaliar os fatores psicossociais de risco, no sentido de perceber a sua origem e não somente as suas consequências, com o propósito de auxiliar no aperfeiçoamento da gestão deste risco na Instituição e proporcionar um melhoramento nas condições de saúde, segurança e bem-estar destes militares, os Condutores de Máquinas.

Caracterização da Marinha
Portugal dispõe de um espaço marítimo com uma dimensão extraordinária, sendo uma fonte de poder nacional, maior é a necessidade em garantir o seu uso adequado e isso só é possível através do contributo primordial da Marinha.

 

Para continuar a ler, faça já a sua assinatura.

Assinatura Revista “segurança”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *