O impacto da Quarta Revolução Industrial na Segurança e Saúde no Trabalho

Autor: Paulo Henriques dos Marques (Universidade Europeia – Laureate International Universities, Lisboa, Portugal, UNIDEMI – Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa), Ana Margarida Germano, Beatriz Mariano, Filipa Santos, Inês Dias, Maria do Carmo Costa (Universidade Europeia – Laureate International Universities, Lisboa, Portugal)

Neste artigo são abordadas mudanças resultantes da Quarta Revolução Industrial e o seu impacto na Segurança e Saúde no Trabalho. Pretende-se alertar os intervenientes no meio laboral para esta nova Era, consciencializá-los dos possíveis efeitos que irá ter e incentivá-los a adaptar e criar políticas e medidas ajustadas a este novo ambiente. A partir de pesquisa bibliográfica, foi resumido o estado do conhecimento sobre a Quarta Revolução Industrial e o impacto que esta tem nas economias, nas Organizações, e consequente-mente na Segurança e Saúde no Trabalho e na qualidade de vida humana. Estas fontes fundamentaram posteriormente a formulação de propostas e exemplos a seguir aquando da adaptação das Organizações à revolução em análise, com enfoque na sociedade portuguesa. As publicações estudadas convergem em que a Indústria 4.0 é real, em crescimento e irreversível, e que trás tantas oportunidades para as condições de trabalho, quanto riscos de desajustamento das pessoas às novas realidades laborais de competitividade e produtividade. Num cenário expetável de substituição de um terço dos postos de trabalho de humanos, por trabalho de autómatos e robôs mais desenvolvi-dos, quem não desenvolver novas competências dificilmente poderá aspirar a trabalho diferenciado. Como este é um assunto pouco debatido e desconheci-do, provoca um sentimento de receio e desagrado, o que dificulta a aceitação e a adaptação. Para lidar bem com as mudanças, é preciso que trabalhadores e Organizações desenvolvam as competências necessárias, ao nível dos quadros técnicos e de gestão, para além dos próprios empresários.

Palavras-chave: Indústria 4.0; Quarta Revolução Industrial; Tecnologias; Organizações; Mudanças

Para continuar a ler, faça já a sua assinatura.

Assinatura Revista “segurança”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *